O uso do fio dental – o destruidor do mau hálito

O uso do fio dental como prevenção do mau hálito

Você precisa de outro motivo para usar fio dental pelo menos uma vez ao dia? O uso diário do fio dental colabora para melhorar o mau hálito, ao eliminar efetivamente as partículas de alimento e bactérias que o favorecem. Deste modo, o uso de fio dental é uma das formas mais simples de prevenir e eliminar o mau hálito.

O mau hálito, também denominado halitose, é mais comum do que muitas pessoas reconhecem. Pode-se brincar sobre o mau hálito, seja ele próprio ou alheio, mas é um importante problema de saúde oral. O mau hálito pode representar mais do que um problema social constrangedor; pode ser um signo de enfermidade ou doença.

A saliva é uma amiga

A menor quantidade de saliva implica que a boca está mais suscetível à acumulação de placa, o qual pode gerar um hálito com odor desagradável. Preste especial atenção a qualquer das seguintes circunstâncias, que podem reduzir a saliva da boca e favorecer o mau hálito:

Beber álcool. As bebidas que contêm álcool podem favorecer a secura de boca e causar mau hálito. portanto, não esqueça de usar fio dental depois de uma saída noturna, sem importar o quanto você sente a tentação de se meter na cama e esquecer.
De manhã cedo.A saliva não flui enquanto você dorme, por isso pode ter tendência ao mau hálito pela manhã. Nesse caso, as manhãs podem ser o melhor momento para o uso diário de fio dental.
Ter fome ou sede.Quando você está desidratado não tem muita saliva na boca, por isso há uma tendência ao mau hálito e aumento da acumulação de bactérias. Beba suficiente líquido e lembre usar o fio dental. Lembre também que a mastigação de alimentos incrementa a saliva na boca, por isso saltear uma comida ou fazer dieta pode causar mau hálito.

Se você está fazendo dieta e se alimenta com menor frequência, um fio dental com sabor de hortelã não somente o ajudará contra o mau hálito, ao eliminar as bactérias, mas também colaborará com a sua dieta, ao proporcionar um sabor fresco na boca que evitará a tentação de comer entre refeições. Em algumas ocasiões, as pessoas que seguem dietas extremamente baixas em hidratos de carbono também apresentam mau hálito, mas estes casos são circunstanciais. Se você faz uma dieta baixa em hidratos de carbono ou qualquer dieta restritiva, é possível que isto favoreça o mau hálito. Se você deve restringir a ingestão de alimentos e comer com menor frequência, beba grande quantidade de água para ajudar a manter o nível de saliva na boca, e assim colaborar com a prevenção do mau hálito, além de seguir uma rotina de cuidado oral adequada.

Outras causas

Se você sofre de mau hálito crônico, que não parece melhorar apesar de uma rotina de higiene oral constante, fale com seu odontologista e com o seu médico, para submeter-se a uma avaliação que identifique ou previna problemas de saúde graves.

Em certas ocasiões, o mau hálito pode ser signo de um problema mais grave. Algumas condições patológicas graves de saúde oral associadas com o mau hálito incluem:

  • Problemas faríngeos, como uma infecção estreptocócica.
  • Cáries dentais ou doenças das gengivas.
  • Câncer de garganta ou oral.
  • Amídalas que contêm partículas de alimento presas.
  • Um canal dental infectado

Além disso, o mau hálito pode ser sintoma de diversos problemas de saúde não oral, tais como enfermidade hepática, diabetes, HIV, transtornos do aparelho digestivo tais como refluxo, e inclusive infecções ou doenças pulmonares.

A importância do hábito

As investigações validam uma relação entre a falta de uso do fio dental (entre outras condutas de má higiene oral) e mau hálito. Em um estudo de mais de 1.000 adultos realizado no Kuwait, houve uma associação significativa entre a falta de uso do fio dental e relatórios de mau hálito, do mesmo modo que a escovação de dentes não frequente, e o hábito de fumar presente ou passado.

A rotina de cuidado oral para ajudar a prevenir o mau hálito deveria incluir não apenas o uso diário de fio dental, mas também a escovação dos dentes, da língua, das gengivas e do teto da boca, duas vezes ao dia.

Fonte: http://www.oralb.com/brazil/

Mais Dicas


Unidade 1: Rua Costa Pinto, n° 4, centro camaçari
Unidade 2: Rua Duque de Caxias, n° 83, centro Camaçari
Tel.: 71 3621-5623 / 71 3627-7728 • www.clinicavivianereis.com.br
© 2019 Drα Viviane Reis | Todos os direitos reservados.
ZWA